Museu Catavento promove imersão no universo das abelhas

O novo Complexo de Polinizadores integra projeto composto pelo novo Jardim, Mundo das Abelhas e Borboletário.

 O espaço interativo e sensorial, inaugurado no final de dezembro, destaca a importância das abelhas para a manutenção da biodiversidade da Terra e na produção de alimentos para a sociedade.

 A nova atração Mundo das Abelhas do Catavento Cultural, museu de Ciência e Tecnologia da secretaria estadual da Cultura de São Paulo, é dedicada à educação e aumento da conscientização da importância das abelhas para a agricultura.

 O espaço integra o Complexo dos Polinizadores, que já conta com o Borboletário e o Jardim, ambos também patrocinados pela Bayer Brasil.

 O Mundo das Abelhas mostra a função e o ciclo de vida desses insetos na natureza. Ocupa uma área de 100 m² localizada no claustro do Museu, em frente ao Borboletário e ao Jardim de Polinizadores, um projeto de paisagismo que conta com o plantio de 10.600 mudas de 28 espécies de plantas e flores.

 Nele, os visitantes poderão entender como funciona o processo de polinização, que tipo de agente polinizador cada espécie de planta atrai, além de experenciar os cheiros e sensações que o espaço pode proporcionar.

 A entrada da exposição é um portal em formato de colmeia, que convida o visitante a emergir no universo das abelhas. No espaço, as crianças aprendem por meio de um jogo da memória, os cinco principais tipos de abelha que existem no mundo.

 Outros vídeos, brincadeiras educativas e interativas também estarão disponíveis no Mundo das Abelhas.  Microscópios com lâminas mostram em detalhes as abelhas e é possível conhecer de perto uma colmeia de verdade. Em outro ponto da exposição, um aromatizador completa a viagem com o cheirinho de mel exalando no ar.

Importância dos polinizadores

“As abelhas são insetos sociais que vivem em colônia. A polinização é de grande importância para a agricultura. Elas são responsáveis por 58% da produção agrícola mundial”, explica a agrônoma, Claudia Quaglierini, da Bayer Brasil.

 “Os polinizadores são essenciais para a manutenção da diversidade no meio ambiente. As abelhas se destacam entre os principais responsáveis pelo processo de reprodução de plantas e flores. Na natureza, 88% das espécies de plantas com flores dependem deles e mais de 75% das espécies utilizadas pelo homem na produção de alimentos dependem da polinização para uma produção de qualidade e quantidade”, acrescenta Paulo Pereira, diretor de Comunicação Corporativa da Bayer e idealizador da parceria com o Museu Catavento.

10 Curiosidades sobre as abelhas

•1) - As abelhas são um dos principais polinizadores de sementes e polen na natureza, contribuindo fortemente para a agricultura;

•2) - As abelhas são insetos que existem há mais de 100 milhões de anos. São mais de 20 mil espécies de abelhas no mundo;

•3) - As abelhas são os únicos insetos que produzem uma espécie de alimento consumido pelo homem: o mel;

•4) - Cada abelha visita cerca de 10 flores por minuto, aproximadamente 6.000 por dia;

•5) - As asas das abelhas batem 11.000 vezes por minuto ou 180 vezes por segundo;

•6) - A rainha é a única abelha fêmea fértil em uma colmeia. Ela pode botar até 2.000 ovos por dia no verão;

•7) - As abelhas sofrem metamorfose completa, passando pelas fases dos ovos, larva, pupa e adultas, como as borboletas;

•8) - A abelha rainha vive em torno de 2 a 5 anos. O tempo de vida dos zangões é de cerca de 80 dias e das abelhas operárias, 20 a 40 dias durante o período do verão.

•9) - As abelhas não podem ver a cor vermelha, mas, ao contrário de nós, podem enxergar a luz ultravioleta que as ajuda a encontrar plantas de néctar e ricas em pólen;

•10) - As abelhas têm cinco olhos. Dois deles são capazes de ver uma luz que não é detectada pelo olho humano.

MUNDO DAS ABELHAS — Quando: Exposição permanente — Onde: Parque Dom Pedro II - Avenida Mercúrio, s/nº - Brás - São Paulo/SP (próximo da estação Pedro II do Metrô) — Horários: De terça a domingo, com entrada das 9h às 16h e permanência no museu até às 17h — Quanto: Aos sábados o ingresso é gratuito para todos os visitantes - Nos demais dias, de R$ 3,00 (meia entrada) a R$ 6,00 (inteira) —com direito de acesso a todas as atrações do “Catavento”.

(Fotos; Reprodução / Publicado em 23/12/17)

**************************************************************************************************** 

Veja também aqui no SAMPA INDICA o que há de bom em produtos e serviços na versão eletrônica do GUIA AMIGO DO BAIRRO

 

YanoneKaffeesatz|YanoneKaffeesatz fwR left|YanoneKaffeesatz fwR b05n bsd|sbww c10|c10|image-wrap|news login b01 c05 bsd|b01 c05 bsd|b01 c05 bsd|login news b01 c05 bsd|b01 c05 bsd|b01 c05 bsd|content-inner||